Lealdade às marcas cai durante a pandemia nos EUA

image (42)

Um estudo realizado pela Omnicom Media Group nos Estados Unidos revelou que os americanos não foram tão leais a suas marcas favoritas durante a pandemia e crise econômica do ano passado. A pesquisa foi feita com mais de 1.100 entrevistados, entre 18 e 72 anos e foi realizada em 11 ondas de março até novembro. O resultado foi que a lealdade às marcas caiu de 65% em março para 49% em novembro.

Os principais motivos para essa queda foram a alta no desemprego e a ausência de produtos devido a problemas logísticos e de abastecimento.

Apesar disso, os consumidores descobriram novas marcas que vão de acordo com seus propósitos. Na pesquisa, 49% dos respondentes afirmaram que trocaram de marca para se posicionar em resposta ao comportamento da empresa; 17% pararam de apoiar uma empresa devido a sua resposta às questões sociais; 25% começaram a apoiar empresas pelo mesmo motivo.

Para 2021, a previsão econômica é vista de forma otimista pelos respondentes da pesquisa. Na última onda, 42% disseram que a economia estava fraca, enquanto que em março esse número foi de 64%. Metade dos entrevistados afirmaram que pretendem realizar compras grandes esse ano, como carros e casas.

 

Fonte: Meio e Mensagem

Deixe seu comentário

Translate »