NESTON LANÇA LATAS COLECIONÁVEIS DAS PRAIAS MAIS FAMOSAS DO SURF EM PARCERIA COM A WSL

Captura de Tela 2021-09-01 às 18.33.17

As embalagens colecionáveis do produto trazem um QR Code, que direciona o consumidor para vídeos com as melhores performances de atletas da elite do surfe.
As Latas Colecionáveis de Neston em parceria com a WSL, estarão nos principais pontos de vendas do País

Neston entrou com força total no universo do surfe em parceria com a Liga Mundial da modalidade (World Surf League/WSL). Além de patrocinar a “casa” do melhor surfe do mundo, que anualmente coroa os campeões mundiais, a marca ainda prepara diversas ações ‘de olho’ em um público que têm crescido: os amantes do lifestyle, os atletas profissionais e os praticantes amadores do esporte. Uma das novidades são as Latas Colecionáveis, que trazem quatro embalagens temáticas de praias históricas onde as competições da WSL acontecem: Pipeline/Havaí, Saquarema/Brasil, Teahupoo/Taiti e Trestles/California (EUA).

O objetivo da ação é trazer para os fãs do esporte itens colecionáveis que remetam às paisagens incríveis desses points do surfe mundial e, também, reforçar a parceria com a Liga Mundial de Surfe diretamente nos pontos de venda com consumidores.

As latas com embalagens customizadas terão distribuição nacional, podendo ser encontradas nas principais redes varejistas do País, a partir do início de setembro. Elas trazem um QR Code com o qual os consumidores serão direcionados para a página www.wslneston.com.br, que tem uma seleção de vídeos com algumas das mais emocionantes etapas do Championship Tour e as performances dos principais atletas do ranking mundial da WSL. Além disso, o canal traz os vídeos da campanha de Neston assim como uma foodlist repleta de receitas práticas, rápidas e saudáveis que ajudam a matar a fome antes e depois do Surf.
“A parceria com a WSL tem papel importante para o reposicionamento de Neston e a conexão da marca com ocasiões de consumo antes ou depois da prática de esportes. Pensamos numa ativação exclusiva que só nossa marca poderia fazer, já que usa nossa própria embalagem para retratar alguns dos picos e praias mais icônicas do circuito de surfe. Um princípio de ação simples, sem desperdício e que celebra essa reconexão da marca com o esporte com muitas cores e ludicidade”, afirma Rodrigo de Marchi, Head de Marketing de Cereais Nestlé.

Segundo Ivan Martinho, CEO da WSL Latin America, Neston chega em um ano marcante para o surfe. “Neston está presente em milhares de pontos de venda por todo o Brasil. Ter a chance de levar a nossa marca através da coleção, de uma forma tão divertida e criativa, com nossos fãs, e ainda estimular a alimentação saudável, é uma alegria para nós”, afirma.

Ao longo de 2021 estão programadas, ainda, uma série de iniciativas para a conexão da marca com a comunidade e os fãs do surfe, para mostrar a praticidade no preparo e a pegada saudável dos produtos Neston, incluindo inserções na programação da plataforma WSL (WorldSurfLeague.com) e em conteúdos customizados nas redes sociais da WSL Brasil.

Surfistas brasileiros no topo do ranking mundial

O surfe brasileiro tem impressionado no universo dos esportes em geral. Em 2021 o mundo presencia um acontecimento inédito, que merece ser motivo de muita comemoração do Brasil: Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e Filipe Toledo encabeçam o ranking dos Top 5, pela disputa do título mundial no Rip Curl WSL Finals do World Surf League Championship Tour. Com isso, nosso país tem grandes chances de conseguir o tricampeonato consecutivo com um quinto título mundial. As conquistas começaram com Medina em 2014, depois Adriano de Souza (2015), Medina novamente (2018) e Ítalo Ferreira em 2019. Além dos três no masculino, a gaúcha Tatiana Weston-Webb está em segundo no ranking entre as Top 5 do feminino.

Tantos atletas brasileiros na elite global da modalidade já coloca o surfe em um ineditismo histórico e um marco do País nos desempenhos notáveis em esportes individuais. “Nunca tivemos no Brasil tamanho domínio em determinado esporte, com uma série de vitórias e atletas brasileiros entre os primeiros lugares. É um feito histórico que deve ser celebrado por todos pelo seu ineditismo”, diz Ivan Martinho. A ascensão do surfe no Brasil tem sido notória e o esporte ganha cada vez mais admiradores, além de um número crescente de praticantes, fato que gera um aumento significativo do interesse das empresas em investir no esporte.

Deixe seu comentário

Translate »